2011/05/30

Exposição de Nhanduti na França




 
Onde fica Le-Puy-en-Velay?

O Centro de Ensino de Renda de Bilro de Le Puy-en-Velay,  França, acolheu até 04/04/2011 a exposição "Ñandutí, bordados ao poi e encaje ju e roupas em colaboração com a Casa da América Latina de Rhone-Alpes e a associação "De Phil en troc" que criou a marca "Ao Ava" que concilia a arte têxtil paraguaia e o design contemporâneo.

Visite o site com fotos da exposição clicando AQUI.

Conhecer a moda ética feita pela "Ao Ava" clicando AQUI.

2011/05/20

Mãos que constroem : as rendeiras de nhanduti




 "Estas são as mãos que fazem o Paraguai. Curtidas pelos anos e pelo trabalho incansável de diariamente passar horas e horas fazendo desde uma simples base de copos até um vestido inteiro em renda nhanduti.. Vários elementos são utilizados nesse bordado e aqui temos um rápido olhar sobre o processo tradicional de tecer: um simples carretel de linha branca não é suficiente já que é usado um número ilimitado de cores e outros instrumentos, como bastidor, fios, agulha, lápis, papel , água, esponja, amido e uma extraordinária imaginação para criar os desenhos. O bordado é feito em fio grosso ou em fio fino, este último bem mais demorado apresenta um resultado mais delicada e também mais apreciado. As rendeiras do Paraguai esperam pacientemente serem mais reconhecidas e sonham com a valorização da renda nhanduti, uma obra verdadeiramente criada no país"
.
These are the hands that make the Paraguay, tanned by the years and the tireless daily work to spend hours and hours to get from a simple coasters to a delicate ñanduti dress. There are various elements that are used for this embroidery, here they are and this is a look at the traditional process: A simple spool of white thread is not sufficient, using multiple and unlimited colors, hardware thread, frame, needle, pencil, paper, water, sponge, starch and an extraordinary imagination to create these designs. The embroidery is thick or thin wire to the latter it takes longer, is more delicate and appreciated its finished, the weaver killed patients expect greater recognition of this embroidery ñanduti dream that is valued at its true size in this country their creators.